Dica A escolha dos padrinhos

Logo a seguir aos noivos, as pessoas mais importantes na celebração de um casamento são os padrinhos.

Ser padrinho ou madrinha de um casamento implica ser alguém íntimo dos noivos.

Além de ser íntimo dos noivos, deve ser adulto e responsável. Alguém com quem se possa contar nem que seja para “chorar no ombro”.

Ser padrinho ou madrinha além de ser uma peça fundamental num casamento é preciso ter consciência que deverá participar de uma forma ativa em todos preparativos do casamento.

Hoje em dia, já se começa a usar muito as damas de honor ou cavalheiros de honra pois já é permitido ter diversos padrinhos, embora apenas dois casais de padrinhos possam assinar como testemunhas.

Não se dever ter mais de seis casais de padrinhos, dado que mais de seis tornarão o altar da cerimónia um espaço demasiado “povoado”.

É importante ter em conta que quando não existem papéis oficiais para todos aqueles que desejavam, inventem novas formas de esses amigos ou familiares se sentirem especiais. Por exemplo, peçam-lhes para fazerem uma leitura especifica ou para cantarem durante a cerimónia.